Ciência da brincadeira

As árvores da UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) escondiam pistas para um tesouro, enquanto crianças vasculhavam cada pedaço do mapa para desvendar as charadas divertidas nas brincadeiras do projeto Caça ao tesouro do conhecimento. As atividades desenvolvidas pela Casa da Ciência de Campo Grande em parceria com o Memórias do Futuro são formas de divulgar a ciência para crianças e aproximar os pequenos da universidade.

Durante a caça ao tesouro, as crianças precisam usar raciocínio lógico para desvendar cada pista. A brincadeira segue pelas diversas áreas verdes da UFMS até o local do “tesouro” – um livro com a temática da atividade que vai gerar um debate com as crianças.

Serão oito encontros temáticos que farão as crianças explorarem o meio ambiente, como no tema “aventureiro”; aguçarem sua curiosidade natural, como na série “cientista”; além de aguçarem a criatividade na série “construtor”. Os materiais produzidos vão virar uma exposição. As crianças irão apresentar em fotos e vídeos o que descobriram em sua grande aventura.

 

+ NEWS