DIA 10/11 - 13h - AUDIÊNCIA PÚBLICA 1% PRA CULTURA

Movimento do 1% para a Cultura em reunião com o poder público.

06 novembro/11

 

Na sexta-feira,4 de novembro, o Movimento 1% para a Cultura foi recebido pelo Prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, em seu gabinete, para tratar da reivindicação de implementação do Plano Municipal de Cultura, Lei desde 2009. O encontro contou com cerca de trinta pessoas, entre integrantes do movimento, representantes da mídia local e os vereadores Presidente e membro da Comissão de Cultura da Câmara, Athayde Nery e Professora Rose, momento em que a palavra foi franqueada a qualquer um que dela quis fazer uso.

 O movimento envida esforços para entender a língua da economia e dos orçamentos e busca condições para que o Fundo de Investimentos Culturais do Município saia da sua medíocre condição e comece a fazer parte, verdadeiramente, da vida cultural da cidade, fomentando e oferecendo condições para o crescimento da arte e das pessoas. O encontro entre o Prefeito e o Movimento 1% demonstrou que é necessário ocupar a arena política para aproximar os representantes dos interesses da sociedade, pois o conceito de investimento cultural que o Prefeito manifestou está focado nas obras, nas ações festivas e no desconhecimento do potencial das artes e da cultura.

Um dos presentes disse, ao defender uma melhor destinação dos recursos da Cultura e um equilíbrio entre o investimento em obras e o investimento em pessoas por meio do fomento à criação, produção e distribuição das artes, que será preciso os artistas chegarem vivos ao Belas Artes, espaço cultural que a Prefeitura está construindo.

A figura mítica da Esfinge se apresentou à saída do encontro, com as pessoas se debruçando para entender as palavras do Alcaide, que marcou para a manhã do dia 10.11, dia da Audiência Pública na Câmara Municipal (13h), para anunciar sua proposta à reivindicação.

O movimento demonstra o desejo de maturidade e seu êxito está registrado nas ações que desenvolveu nos últimos dias, no diálogo com a Câmara Municipal e com os diferentes grupos sociais da cidade, o que resulta em compreensão da justa luta por mais pessoas. Nas tevês, rádios, jornais e na Internet as notícias circulam, abrindo novos horizontes, colocando a área na agenda da cidade, das pessoas e do poder.

Veja a repercussão na imprensa local:

http://www.campograndenews.com.br/lado-b/artes/prefeito-propoe-aumentar-repasse-a-cultura-em-0-3-ate-2013-na-capital

+ NEWS